Ir para o conteúdo
ou

Tela cheia
 Feed RSS

Blog

31 de Janeiro de 2013, 0:00 , por Rede Ola.coop.br - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Licenciado sob CC (by)

Este Blog é um "clone" de http://softwarelivre.org/vicente, atualizado automaticamente pela funcionalidade de "blog externo".


Colivre promove oficina sobre Rede Olá; iniciativa integra Dia de Cooperar 2015

25 de Maio de 2015, 17:57, por Feed RSS do(a) Colivre - 0sem comentários ainda

 

Estão abertas as inscrições para a oficina de formação na Rede Olá, promovida pela Colivre no dia 10 de junho como parte das atividades do Dia de Cooperar 2015. A oficina acontecerá no Centro Público de Economia Solidária (Cesol), no bairro da Barra, em Salvador, a partir das 14h, com carga horária de 4 horas. A atividade é gratuita e as inscrições podem ser feitas até o dia 5 de junho através deste formulário. São 30 vagas e, para participar, é necessário levar computador/notebook no dia do evento.

A Olá, rede social do cooperativismo baiano, foi concebida pela Organização das Cooperativas do Estado da Bahia (OCEB) e viabilizada tecnicamente pela Colivre através da plataforma web livre Noosfero. A rede integra a atual política de comunicação do sistema OCEB, que busca fortalecer a intercooperação entre as cooperativas baianas e aproximar os empreendimentos. A Olá foi construída como um ambiente que une rede social, sites, catálogo online das cooperativas baianas e muitas outras possibilidades em um só lugar.

A formação promovida pela Colivre inclui conteúdos básicos para utilização da rede, como funcionalidades dos perfis usuário, comunidade e cooperativa, customização de páginas de cooperativas e o uso de diversas ferramentas disponíveis na plataforma como fóruns, grupos de discussão, calendário de eventos, blogs e lojas virtuais.

O Cesol-Barra está localizado na Rua Afonso Celso, nº 277, Barra, Salvador (BA).

Mais informações através do telefone (71) 3011-2199.

 



Um Trabalho a Troco de nada? A resposta da comunidade GNOME para Jô Soares e Bill Gates à luz da teoria da Dádiva

11 de Outubro de 2014, 16:02, por Rede Ola.coop.br - 1Um comentário

Sete anos após uma  apresentação feita no IV Fórum GNOME em 2007 com esse mesmo título, finalmente, eu consegui publicar, em parceria com Genauto França Filho (meu orientador de Doutorado), o resultado da pesquisa que tentou responder uma questão que ronda o ecossistema dos projetos de software livre: "quem pode se permitir fazer um trabalho profissional a troco de nada?"  Mais especificamente, esse artigo foi publicado na revista (acadêmica) Sociologias - uma publicação quadrimestral do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFRGS, destinada a promover intercâmbio entre cientistas sociais.

No entanto, é importante ressaltar que essa questão norteadora da nossa pesquisa foi, inicialmente, levantada por Biil Gates na histórica "Carta Aberta aos Hobbistas" escrita em 1976  - um ano depois da fundação da então "Micro-Soft". Além dele, quatro décadas depois, mais especificamente em outubro de 2006, ela foi "remixada" por Jô Soares, no seu programa de televisão. Em uma de suas entrevistas, ao ser informado pelo Sérgio Amadeu (Prof. da UFABC) e pelo Júlio Neves (Prof. da UNiRio) sobre um possível engajamento voluntário de hackers ligados ao projetos de software livre, Jô Soares ressalta que, na visão dele, "por trás do fato do que é dado (software) de graça há uma intenção de ser vendido. (...) ou é um pessoal que é tudo monge Franciscano?"

O ponto de partida desse que escrevemos na Sociologias é que ainda são poucos os estudos que procuram analisar as características e a natureza desse novo contexto digital (de relações mediadas por dispositivos móveis como computadores, tablets e celulares) para além de um entendimento que tem como base apenas as noções de uma racionalidade utilitária ou do simples interesse econômico. Afinal, podemos dizer que mais recorrente do que esse tipo de pergunta é o tipo de resposta comum (e apressada) que diz que "ninguém trabalha de graça" ou que "sempre há um interesse financeiro nisso tudo".

Para evitar os limites de uma única forma de resposta "apressada" (para não dizer "equivocada") e, com isso, restringir a compreensão sobre a ação dos hackers nesses projetos, avaliamos que era importante respondê-la com um olhar mais científico e aprofundado. Assim, realizamos uma análise mais qualitativa sobre esse "fenômeno" que se apoiou em uma pesquisa de dois anos na comunidade do Projeto GNOME. Essa pesquisa resultou então na minha dissertação de mestrado na UFBA, em um dos capítulos do livro "Software Livre, Cultura Hacker e Ecossistema da Colaboração" e agora nesse artigo publicado na Revista Sociologias.

Membros da Comunidade GNOME por Louis Villa

Em termos de publicação, o diferencial então dessa edição v. 16, n. 36 (2014) da Revista Sociologias é o resgate da obra maussiana que fundamentou conceitualmente essa pesquisa sobre o Projeto GNOME - e, agora, serve também de base do meu projeto de Doutorado. Esse resgaste se dá no contexto de surgimento de uma crítica anti-utilitarista dentro do universo das ciências sociais contemporâneas, a qual foi concretizada pela fundação do MAUSS (Movimento Anti-Utilitarista nas Ciências Sociais).

Contudo, vale ressaltar que esse paradigma sociológico da dádiva busca ir além: mais do que a importância da sua vertente analítica, o MAUSS demonstra ser uma corrente sociológica implicada com a produção de pesquisas que se desenvolve a partir de um paradigma basilar, não apenas nas sociedade tradicionais como também para a sociedade contemporânea: a vida associativa e, em especial, a tripla ação de compartilhar, receber e retribuir. Vale então conferir essa edição da Sociologia da Dádiva na íntegra. 



Confira novidades da versão 0.46.0 "Uaris" do Noosfero!

25 de Março de 2014, 11:12, por Rede Ola.coop.br - 0sem comentários ainda

 

Neste mês de fevereiro foi lançada uma nova versão do Noosfero, plataforma web livre para redes sociais. A versão 0.46.0 foi batizada de Uaris e conta com 14 novidades, entre melhorias de recursos e novas funcionalidades.

O Noosfero é uma plataforma web livre para redes sociais e redes de economia solidária na internet que agrega as funções de blog, Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS), chat, fórum, portfólio eletrônico, produção e consumo de feeds RSS, agenda de eventos etc. O Noosfero é também um projeto de software livre, com licença GNU Affero General Public License, desenvolvido pela Colivre com a contribuição de uma comunidade de desenvolvedores/as que garantem o lançamento de novas versões constantemente.

Entre as últimas melhorias para os/as usuários/as estão novos blocos, opções de layout e formas de recuperação de senha. Confira as novidades da versão 0.46.0 Uaris!

 

Novo botão para restaurar página inicial

Já se foi o tempo em que era preciso remover o artigo que estava como página inicial para ter nossa homepage de volta para o padrão da página de perfil. Agora, no Gerenciador de Conteúdos, há um botão com a opção "Restaurar página inicial". Ao clicar nele, a homepage do site volta a ser a página de perfil.

 



Recuperação de senha

O/A usuário/a não precisa mais ficar limitado a preencher seu login e e-mail para recuperar sua senha. Agora basta apenas preencher uma das opções.

A página também foi melhorada com a possibilidade para que plugins incluam novos campos de recuperação de senha. Como você pode ver na imagem abaixo, o StoaPlugin adicionou o campo "Número USP" como novo campo disponível para recuperação de senha.

 



Plugin para adicionar bloco para conteúdos recentes

Temos uma nova forma de mostrar nossos conteúdos mais recentes. É através do Plugin de Conteúdo Recente. Este plugin adiciona um novo bloco que mostra o conteúdo recente de um dos blogs do usuário.

 

 


Exceção para conteúdos privados

Este recurso permite que os/as usuários/as definam quem pode acessar seu conteúdo privado. Esta é uma boa maneira de garantir maior privacidade de conteúdos.

 

 

Bloco principal editável

Agora o Bloco Principal pode ser editado pelo/a usuário/a sem improvisos nem quebra-galhos. Os blocos passaram a fluir normalmente entre as caixas laterais e o box principal.

 

Inserção de imagem de capa no blog

O/A usuário/a está habilitado/a a adicionar uma imagem de capa para seu blog. Esta imagem é exibida no cabeçalho da página de visualização do blog.

 



Ambiente para gerenciamento de integrantes

O ambiente de administração agora é capaz de gerenciar todos os usuários. Na página de gerenciamento, é possível procurar por usuários, usar filtros para administradores ou usuários comuns, e usuários ativos ou inativos. O ambiente também permite transformar um usuário em administrador ou em usuário comum, além de ativar ou desativar usuários. Na mesma página, é possível exportar os usuários em forma to CSV ou XML.

 

Nova opção de layout

Uma nova opção de layout com coluna à esquerda junto com o rodapé foi adicionada à lista de layouts personalizados oferecidos pelo Noosfero.

 



Filtros para gerenciamento de grupos

Agora, na página "Gerenciar Grupos", o/a usuário/a é capaz de filtrar os grupos de acordo com a relação que tem com eles - se administrador, moderador ou integrante, por exemplo.


Bloco de vídeo

Boas notícias! Agora temos um Bloco de Vídeo. Esse bloco é gerado pelo Plugin de Vídeo e permite que o/a usuário/a faça referência a vídeos do Vimeo, Youtube ou Webm e incorpore-os ao bloco. Isso facilitará a vida de muitos usuários.

 

 

Melhorias na ferramenta Calendário

Nosso calendário recebeu mais atenção e ganhou melhorias em sua interface.


Novo bloco "Conteúdo Contextual"

Outro bloco é o Conteúdo Contextual, que agrupa os conteúdos a partir do contexto/tipo. Este bloco mostra "os filhos" do conteúdo que está sendo visualizado no momento pelo/a usuário/a. Ele também permite a escolha de qual tipo de conteúdo deve ser exibido.

 


Bloco que mostra o caminho de navegação

O bloco Breadcrumbs exibe o caminho de navegação percorrido pelo/a usuário/a. Isto permite uma navegação simples e rápida pelos conteúdos. Embora ainda faltem alguns ajustes, a ferramenta já está funcionando e pode ter sua aparência totalmente personalizada.

 


Para desenvolvedores: Ambiente de configuração para definir tamanho máximo de carregamento

Essa vai para os administradores do sistema! Depois de um longo tempo codificando o bom e velho 5mb como tamanho máximo de upload, nós temos agora uma maneira para os administradores do sistema definirem o tamanho máximo de upload para uma instalação Noosfero. Ainda não temos a possibilidade de ter vários ambientes no mesmo sistema com diferentes tamanhos máximos de upload, mas estamos a um passo disso. Esta configuração está em config/noosfero.yml e você pode ver um exemplo de como fazer isso no arquivo config/noosfero.tml.dist.

 

Para o lançamento desta versão do Noosfero, foi imprescindível o trabalho do pessoal do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), empresa brasileira considerada uma das maiores organizações públicas de TI no mundo. Obrigado galera!

 

Fonte: http://noosfero.org/pub/Development/NoosferoVersion00x46x00



Rede Social baseada em Noosfero é premiada no Japão

22 de Outubro de 2013, 16:46, por Rede Ola.coop.br - 0sem comentários ainda

Fonte: Colivre

Da Bahia, do Brasil para o Mundo! Um ambiente pedagógico que usa o Noosfero para promover a interação de professores e estudantes de pelo menos dez países foi premiado com o “Excellent Workshop Award” do Canvas Workshop Collection, evento realizado em 2012 no Japão. É o World Museum Project, rede coordenada pelo professor japonês Yoshiro Miyata com a proposta de estimular o poder criativo e a liberdade de expressão de crianças e adolescentes.

Segundo Miyata, World Museum Project é uma “rede mundial de pessoas interessadas em atravessar fronteiras culturais e geracionais para criações colaborativas que possam ampliar visões e aumentar paixões”.  Reúne usuários do Japão, Austrália, Taiwan, Hong Kong, Filipinas, Rússia, Grécia, Espanha, Estados Unidos, Honduras, entre outros países.

Com ferramentas básicas de criação, a rede permite o desenvolvimento de diferentes tipos de projetos, como animações, obras de arte e histórias. Tudo de forma compartilhada e conectada para propiciar um ambiente de aprendizagem criativa.

Yoshiro Miyata é professor da Universidade de Chukyo e pesquisa ambientes e teorias de aprendizagem. Realiza oficinas interculturais em escolas, museus e comunidades no Japão e em outros países.

 



Inscrições abertas para cursos de disseminação do Cirandas.net no Recôncavo Baiano

27 de Setembro de 2013, 10:01, por Rede Ola.coop.br - 0sem comentários ainda

 

Estão abertas as inscrições para os cursos de disseminação e fortalecimento da plataforma Cirandas.net na região do Recôncavo baiano.

As aulas são voltadas para estudantes, profissionais, integrantes de empreendimentos de economia solidária e interessados no tema.

Entre os tópicos abordados estão as possibilidades oferecidas pelo Cirandas.net, que permite o desenvolvimento de sites para empreendimentos de economia solidária, com lojas online e vitrines virtuais.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas diretamente nos locais de realização das oficinas ou pelo email cursocirandas@colivre.coop.br.

Os cursos são uma realização da Colivre, em parceria com a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), com fomento do Fundo de Cultura/Secretaria de Cultura da Bahia.