Ir para o conteúdo
ou

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Blog

31 de Janeiro de 2013, 0:00 , por Rede Ola.coop.br - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

A cooperativa de crédito é uma instituição financeira formada por uma associação autônoma de pessoas unidas voluntariamente, com forma e natureza jurídica próprias, de natureza civil, sem fins lucrativos, constituída para prestar serviços a seus associados.

Assim, essa comunidade online é um ambiente digital voltado para promoção e diálogos sobre esse ramo do Cooperativismo.


 


Dia Internacional das Cooperativas de Crédito é celebrado no dia 17 de outubro

17 de Outubro de 2019, 10:15, por Portal do Cooperativismo Financeiro - 0sem comentários ainda

DICC 2019“Serviço local. Alcance global” é o tema escolhido pelo Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito (DICC) para o Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito de 2019, comemorado na terceira quinta-feira do mês de outubro. A data, que este ano é celebrada no dia 17, foi instituída há mais de 70 anos para relembrar a trajetória e as conquistas das cooperativas do ramo e promover a essência do poder transformador de realidades que o modelo cooperativista confere ao sistema financeiro.

Com um conjunto de produtos e serviços atraentes e preços e taxas competitivos, o ramo vem conquistando cada dia mais adeptos e se destacando com números mais expressivos, ano após ano, em todo o mundo. Por isso, o cooperativismo de crédito está cada vez mais em destaque no Sistema Financeiro Nacional, devido às suas características de um atendimento personalizado, democrático e próximo com os cooperados. Em Minas Gerais existem, atualmente, 184 cooperativas de crédito, presentes em 449 cidades do Estado. Elas englobam, ao todo, 1,3 milhão de cooperados, são responsáveis por gerar mais de 11 mil empregos e movimentar R$ 21,4 bilhões ao ano.

As cooperativas de crédito foram responsáveis por 40% de toda a movimentação do cooperativismo mineiro em 2018. Na movimentação econômica, o crescimento foi de 73,2% nos últimos cinco anos.

“As cooperativas diferem das demais instituições financeiras por sua atuação com foco na pessoa, no cooperado, que é também dono do negócio, dividindo os resultados positivos. A capilaridade das cooperativas é também um diferencial, tendo em vista que em muitos municípios elas são as únicas a atuarem, levando mais autonomia para a população local”, ressalta o presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato.

Atualmente, o Brasil tem 909 cooperativas de crédito, que contam com 9,8 milhões de cooperados, empregam mais de 67 mil pessoas e movimentaram R$ 190,4 bilhões em 2018. O segmento mantem tendência de crescimento e os depósitos totais somaram, ao final de 2018, mais de R$ 124 bilhões aumento de 18,6% em relação a dezembro de 2017.

Vantagens sobre o sistema convencional
Conta corrente, cartões de crédito e de débito, operações diversas, financiamentos, linhas de crédito e muitos outros serviços. As cooperativas guardam semelhanças com os bancos comerciais, mas os diferenciais que contam a favor do sistema cooperativo são significativos.

Os usuários das linhas de crédito se beneficiam de taxas diferenciadas e da redução de tarifas, sem falar das aplicações e de sua rentabilidade atrativa. Assim como o SFN, o sistema cooperativo de crédito é assegurado por um fundo garantidor constituído nos moldes no Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que atende os bancos convencionais. Por terem diferentes atuações, o Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop) e o FGC são independentes, mas compartilham a mesma cobertura de R$ 250.000,00 por CPF ou CNPJ.

Outro grande diferencial do cooperativismo de crédito é o retorno do investimento. Os usuários são donos da instituição financeira, têm participação nos resultados e, ao contrário dos bancos convencionais, os recursos são investidos nas próprias regiões em que as cooperativas estão inseridas. Assim, as empresas, pessoas e negócios da própria região se beneficiam do atendimento financeiro, proporcionando um fôlego real à economia local.

Fonte: OCEMG

Share on:
WhatsApp

O post Dia Internacional das Cooperativas de Crédito é celebrado no dia 17 de outubro apareceu primeiro em Portal do Cooperativismo Financeiro.



Cooperativas de crédito do País se unem a evento global para comemorar o DICC

17 de Outubro de 2019, 10:10, por Portal do Cooperativismo Financeiro - 0sem comentários ainda

O mundo inteiro comemora nesta quinta-feira, dia 17 de outubro, o Dia Internacional das Cooperativas de Crédito (DICC). A data é lembrada há 71 anos, desde que a Associação Nacional de Cooperativas de Crédito dos Estados Unidos estabeleceu a terceira quinta-feira do mês para divulgar a proposta e os ideais do setor e lembrar a trajetória e as conquistas deste modelo de organização econômica.

Por esse motivo, todos os anos, cooperativas de todo o planeta abrem as suas portas para atrair a atenção das pessoas quanto aos benefícios do setor e também para promover ações e atividades sociais. Em 2019, o tema que irá centralizar as atividades do DICC será “Serviço local. Alcance global” para representar o quanto as ações promovidas pelo sistema cooperativista não se limitam apenas às comunidades onde estão presentes. Elas criam raízes que se ramificam na vida de pessoas de diversos canto do país, refletindo no constante crescimento global do cooperativismo financeiro.

Hoje, o setor possui mais de 11 milhões de brasileiros associados a uma das 883 cooperativas de crédito espalhadas pelo território nacional. “Este é o momento de reconhecer o importante papel que as Cooperativas de Crédito desempenham na inclusão financeira de milhões de pessoas e na prosperidade da comunidades em que atuam. Continuamos contribuindo para o crescimento dos negócios, o bem comum e a solidariedade financeira, especialmente neste momento em que a economia apresenta ritmo lento de recuperação”, diz o presidente da Confederação Brasileira das Cooperativas de Crédito (Confebras), Kedson Macedo.

Além disso, o setor também caminha a passos largos para alcançar o seu maior desafio: ampliar a sua representatividade no Sistema Financeiro Nacional dos atuais 8% para 20% nas operações de crédito até 2022, em consonância com as metas estabelecidas pela Agenda BC#.

Share on:
WhatsApp

O post Cooperativas de crédito do País se unem a evento global para comemorar o DICC apareceu primeiro em Portal do Cooperativismo Financeiro.



Sicoob celebra Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito

17 de Outubro de 2019, 10:09, por Portal do Cooperativismo Financeiro - 0sem comentários ainda

Maior sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil destaca o impacto positivo do setor e contribui com o desenvolvimento econômico de 4,47 milhões de brasileiros.

Em 17 de outubro comemora-se uma importante data para o Sistema Mundial de Crédito Cooperativo: o Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito. Integrante notório na comunidade mundial de cooperativas financeiras, o Sicoob se destaca no Brasil como instituição financeira propulsora do desenvolvimento econômico e social de seus 4,47 milhões de associados.

Presente em todos os estados brasileiros, o Sicoob foi fundado há mais de duas décadas. Disponibiliza um amplo portfólio de produtos e serviços financeiros por meio de 2,9 mil pontos de atendimentos, levando condições mais justas à 1.728 municípios brasileiros e se destacando como única instituição financeira em 270 cidades do país.

“O crescimento apresentado nos últimos anos deve-se a busca da população por alternativas socialmente responsáveis e, ao mesmo tempo, rentáveis em todos os setores, mas principalmente o financeiro. Somado aos diferenciais oferecidos pelas cooperativas, entre os quais taxas menores de juros nas operações de crédito, também oferecemos um atendimento humanizado e personalizado”, explica Henrique Castilhano Villares, presidente do Sicoob.

O papel desempenhado pelo Sicoob, tanto em grandes metrópoles quanto em áreas mais remotas do Brasil, representa um importante vetor de desenvolvimento das economias locais, movimentando e reciclando seus recursos financeiros nas próprias comunidades onde atuam.

Nas cooperativas financeiras os associados são donos do negócio, tem direito a voto nas decisões e participam da distribuição dos resultados da instituição. Para se ter uma ideia, somente no primeiro semestre de 2019, as sobras (equivalente ao lucro dos bancos) somaram R$ 1,26 bilhões.

Crescimento Acelerado

A cada dia útil do primeiro semestre de 2019, o Sistema contou com 2.700 novos associados. São mais de 300 mil novos correntistas que totalizam 4,47 milhões de cooperados, uma evolução de 7,4% em relação ao 1S18. Os cooperados PJs (pessoas jurídicas), evoluíram 18,7% no comparativo, passando de 674,1 mil em junho de 2018, para 800,3 mil em junho deste ano. Os cooperados PFs (pessoas físicas), por sua vez, totalizaram 3,7 milhões no 1S19, crescimento de 5,2% em relação aos 3,5 milhões registrados em junho do ano passado.

O Sicoob finalizou o primeiro semestre de 2019 com sobras líquidas de R$1,26 bilhões. Seus ativos totais registraram alta de 14,8%, R$95,6 bilhões frente R$ 83,2 bi do mesmo período de 2018. Com expansão significativa de 22,4%, a carteira de crédito (líquida de provisão) atingiu R$50,1 bilhões. Já os depósitos totais somaram R$ 57,8 bilhões, crescimento de 12,3% da carteira, com destaque para os depósitos à vista de R$14,3 bilhões e R$43,1 bilhões nos depósitos a prazo.

No posto de quinta maior rede de atendimento do país, a instituição inaugurou no período 150 pontos, investindo mais de R$ 500 milhões nestas novas unidades, bem como na ampliação e modernização dos PAs já estabelecidos.

Share on:
WhatsApp

O post Sicoob celebra Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito apareceu primeiro em Portal do Cooperativismo Financeiro.



Contratação de crédito diretamente nas lojas é realidade para cooperados do Ailos

16 de Outubro de 2019, 14:21, por Portal do Cooperativismo Financeiro - 0sem comentários ainda

Através do aplicativo, o vendedor simula e financiamento pode ser solicitado de forma prática. Somente no mês de setembro, mais de R$ 9,3 milhões foram liberados para a realização de compras.

Para contribuir com a realização de sonhos e aquisição de produtos e serviços, como materiais de construção, móveis planejados, pacotes de turismo, entre outros, o Ailos desenvolveu um aplicativo que facilita a contratação de crédito diretamente dos pontos de venda. Com a ferramenta, os empreendedores cooperados que oferecem financiamento através das cooperativas têm acesso à simulação e liberação do crédito, o que permite que seus clientes obtenham os recursos de forma rápida e prática.

A facilidade, disponível tanto no portal quanto no app, foi lançada em setembro de 2018 e em um ano já registrou aumento de 94,62% do total de crédito liberado, chegando a R$ 93,5 milhões.

Zenilde Lourenço Osório, gerente de produtos de crédito da Central Ailos, destaca que a tecnologia traz praticidade, desburocratização e segurança tanto para as lojas quanto para os cooperados. “Conseguimos reduzir a quantidade de campos da simulação do financiamento, facilitando o preenchimento. Além disso, o lojista pode, diretamente pelo aplicativo, acompanhar o status e análises de todas as propostas, trazendo um retorno rápido para o vendedor e para o cliente”, explica.

A principal vantagem, segundo Marcelo Cestari, diretor de operações da Viacredi – cooperativa que integra o Ailos, é estimular os negócios da região. “Nosso objetivo é valorizar os empreendedores locais que também se beneficiam ao oferecer diversas opções de pagamento aos seus clientes. Acreditamos que essa é uma possibilidade que interliga os cooperados, gera novos negócios, desenvolve a comunidade e é uma porta aberta para que mais pessoas se conectem ao cooperativismo”, comenta.

Para o gerente da Honda LCR Motos de Blumenau, Alexsandro da Silva, lojista cooperado, a tecnologia trouxe vantagens para a operação. “A novidade veio ao encontro da necessidade de oferecermos um atendimento mais ágil e personalizado aos clientes cooperados. Com o sistema, observamos um incremento significativo nas vendas”. diz.

As cooperativas que integram o Ailos liberaram, somente no mês de setembro de 2019, mais de R$ 9,3 milhões de financiamentos realizados diretamente nas lojas cooperadas. Hoje, o Ailos conta com mais de 5.500 cooperados lojistas conveniados, em mais de 60 segmentos diferentes.

Mais detalhes sobre o funcionamento da operação estão disponíveis em http://bit.ly/ailoscdc.

Sobre o Ailos
Constituído em 2002, o Ailos é um Sistema de Cooperativas de Crédito e conta com mais de 800 mil cooperados, 1 Cooperativa Central, 13 cooperativas singulares, mais de 200 postos de atendimento e R$ 8 bilhões em ativos. Com atuação nos três estados do Sul do país, possui mais de 3 mil colaboradores. As cooperativas singulares que compõem o Ailos são: Acentra, Acredicoop, Civia, Credcrea, Credelesc, Credicomin, Credifoz, Crevisc, Evolua, Transpocred, Únilos, Viacredi e Viacredi Alto Vale.

Share on:
WhatsApp

O post Contratação de crédito diretamente nas lojas é realidade para cooperados do Ailos apareceu primeiro em Portal do Cooperativismo Financeiro.



Palestras e muito networking marcaram o dia de abertura do 2º Fórum Integrativo Confebras

15 de Outubro de 2019, 18:54, por Portal do Cooperativismo Financeiro - 0sem comentários ainda

Palestras e muito networking marcaram o dia de abertura do 2º Fórum Integrativo Confebras, que teve a participação de dirigentes do BCB e do Fundo Garantidor do Cooperativismo (FGCoop) em Brasília e apresentação com o economista Ricardo Amorim.

O potencial de crescimento das cooperativas de crédito é alto para os próximos anos e deve se dar, especialmente, em cima das operações de crédito, apontou o chefe da Unidade do Departamento de Supervisão de Cooperativas e Instituições não Bancárias do Banco Central do Brasil (BCB), Harold Paquete Espínola Filho. Em palestra no 2º Fórum Integrativo Confebras, nesta quinta-feira, ele afirmou que as cooperativas são altamente capitalizadas, têm disponibilidade de caixa, mas nem sempre são a primeira opção dos cooperados que precisam pegar dinheiro emprestado.

Um levantamento feito pelo BCB mostra que o Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC) atende apenas 28% da demanda por crédito. Portanto, ainda há muito espaço para crescer. Frente à realidade do País, as perspectivas são boas: a carteira de crédito do setor tem tido um incremento tanto para pessoas físicas como jurídicas, conforme o Banco Central. É por esse motivo que o BCB aposta muito na chamada Agenda BC#, uma série de medidas lançadas pela instituição no primeiro semestre de 2019 para melhorar a saúde financeira do brasileiro e, por consequência, a economia do País. Em relação às cooperativas de crédito, os desafios são ousados: estimular políticas de governança e ampliar o conhecimento da sociedade em relação ao sistema para alcançar 20% das operações de crédito do Sistema Financeiro Nacional até 2022.

Para o diretor de Fiscalização do BCB, Paulo Sérgio Neves de Souza, o aumento da expressividade das cooperativas de crédito dentro do sistema financeiro é um caminho natural, especialmente diante de condições favoráveis. Foi o que aconteceu em 2003, quando elas receberam autorização para apostar na livre admissão de cooperados. E com taxas competitivas, há muitas oportunidades. “Os consumidores estão com parte de sua renda comprometida com o endividamento e só as cooperativas podem dar a elas uma oportunidade justa de saldar suas dívidas”, afirmou.

PERSPECTIVAS

O economista Ricardo Amorim pautou sua exposição na mesma linha. Ao abrir as palestras na manhã, ele comentou que a presença do cooperativismo vai ser cada vez mais crescente no cenário financeiro nacional, principalmente porque a economia tem boas perspectivas de aceleração nos próximos anos. Com isso, haverá mais busca de serviços financeiros como um todo e, em consequência, mais crédito. “E esse posicionamento não virá do sistema bancário tradicional”, diz. Segundo Amorim, diversos são os sinais que apontam para essa boa expectativa da economia: a recém saída da mais profunda crise econômica que o País já teve, a vigência da MP da Liberdade Econômica, a previsão da aprovação da Reforma da Previdência e a história econômica do País em relação a esses períodos de crise: há 120 anos, o Brasil repete o mesmo comportamento de atingir um boom logo depois de uma recessão. Esses rumos, no entanto, vão depender do desempenho da economia global e também da relação comercial do Brasil com os países do Mercosul e da União Europeia, acredita o economista.

“Este é um evento compacto, destinado a promover mais troca entre as lideranças, tratar de governança, do papel das mulheres, da nova legislação de proteção de dados e dos desafios para sustentar o crescimento constante do setor”, anunciou o presidente da Confebras, Kedson Macedo, na abertura do evento. Ainda participaram da solenidade o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas e o presidente do Sistema OCDF- Sescoop/DF, Remy Gorga Neto. Cerca de 260 lideranças acompanham as palestras e debates até amanhã, dia 11. Confira a programação: http://www.confebras.coop.br/fic

Share on:
WhatsApp

O post Palestras e muito networking marcaram o dia de abertura do 2º Fórum Integrativo Confebras apareceu primeiro em Portal do Cooperativismo Financeiro.



Categorias

Gestão de Pessoas em Cooperativas, Desenvolvimento territorial, Finanças Solidárias, Crédito, Crédito e finanças
Tags deste artigo: cooperativa banco crédito finanças