Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

Nenhum artigo selecionado ainda.
 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Workshop debate prospecção do cooperativismo de crédito na Bahia

18 de Outubro de 2019, 13:24 , por Iasmin Santana - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 13 vezes
Workshop dgrv coletiva

Nos dias 10 e 11 de outubro, no auditório do Banco Central do Brasil em Salvador, aconteceu o workshop “Soluções, Estratégias e Práticas de Referência no Cooperativismo de Crédito”, reunindo Presidentes, Conselheiros de Administração, Conselheiros Fiscais e Diretores Executivos de cooperativas de crédito da Bahia. A realização desse workshop ficou a cargo do Sistema OCEB, em parceria com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), a Confederação Alemã das Cooperativas (DGRV) e o Banco Central do Brasil.

Esse evento faz parte do Projeto OCB/DGRV, que foi iniciado em 2017, e tem como objetivo promover o desenvolvimento e fortalecimento das cooperativas de crédito. Esse é o ultimo ano do projeto e o balanço é positivo, como avaliou o consultor do projeto, Silvio Giusti: “Desse período que estivemos juntos aqui, com a ações do Projeto OCB/DGRV no estado da Bahia, nós percebemos que muitos debates foram promovidos, muitas questões foram trazidas – estruturais, de governança, gestão, modelos de negócios – todas elas sempre no sentido de gerar conhecimento, gerar provocações e, principalmente, gerar reflexões das lideranças para que levassem esses ensinamentos e conhecimentos para o dia a dia da cooperativa, para tomada de decisão no Conselho de Administração, nas Diretorias Executivas e nos Conselhos Fiscais. Enfim, para que a “cooperativa” tomasse decisões, cada vez mais assertivas para privilegiar o quadro social, atingir o seu propósito de compromisso com a prosperidade das pessoas e da comunidade. 

 Workshop dgrv 2

A programação contemplou temas pertinentes para contribuir com o debate sobre a expansão de um dos ramos crédito com grande potencial para continuar crescendo. Os participantes conheceram as experiências de outras cooperativas e centrais (Viacredi, Sicredi União PR/SP, Sicoob Credicitrus, Sicredi Região Sul da Bahia, Unicred da Bahia, Ascoob, Central Cresol Baser e Sicoob Central Bahia), e puderam captar ensinamentos sobre mercado financeiro, governança, estratégias de mercado, planos de expansão, inovação, eficiência e expansão das cooperativas, além de trocarem experiências e impressões a partir das suas realidades, desafios e oportunidades.

Um dos convidados dessa edição foi Adelino Sasse, Diretor Administrativo da Viacredi, que apresentou a experiência da cooperativa de crédito catarinense, apontando como o cooperativismo tem transformado a economia da região onde atua. Ele refletiu sobre a relevância de momentos como esse de socialização, troca e disseminação de conhecimentos. “Considero fundamental que a gente tenha a oportunidade de compartilhar aquilo que a gente está fazendo e também aprender com esse público, porque nesse momento a gente tem uma troca muito positiva e rica. Nós vamos sair daqui transformados, eu, principalmente”.

No segundo dia do workshop os participantes se concentraram nos debates sobre os casos apresentados no dia anterior e quais boas práticas poderiam aplicar nas suas cooperativas. Para agregar ainda mais às reflexões, representantes dos sistemas Sicoob, Sicredi, Ascoob e Unicred compartilharam as experiências de gestão, governança, relacionamento com o associado, eixos de atuação e posicionamento estratégico a partir das suas realidades, deixando claro para todos os presentes que o cooperativismo de crédito na Bahia tem um grande potencial para se desenvolver e as cooperativas podem aproveitar os espaços para expandir seus negócios.

Para Dr. Silvio Porto, Diretor Presidente da Sicredi Região Sul da Bahia, a realização do painel foi muito oportuna. “Uma excelente ideia da OCEB em colocar um tema tão importante no momento que estamos vivendo. Existe uma volumosa concentração de recursos nos principais bancos brasileiros e uma solução de médio e longo prazo para corrigir esta distorção são as nossas cooperativas de crédito. O Banco Central conhece essa realidade e vem incentivando muito o nosso segmento, inclusive apontou metas para que possamos juntos cumprir. Chegou a hora de unirmos forças, trabalho e  estratégias  objetivando avançarmos para um cooperativismo sustentável e capaz de atender os anseios da população brasileira desassistidas por serviços bancários”.

 

OPINIÕES

Para o coordenador do Conselho Fiscal do Sicoob CrediConquista, Ivan Cordeiro, o encontro serviu para “desafiar o cooperativismo de crédito a pensar sobre a importância social das cooperativas e a necessidade de expansão nos municípios baianos”. Já para o vice-presidente do Conselho de Administração da cooperativa, Paulo César, “o workshop mostrou que o relacionamento com o associado é fundamental para o sucesso da gestão nas cooperativas de crédito”. Reforçando essa percepção, a presidente do Conselho de Administração do Sicoob Coopere, Maria Vandalva, destacou: “uma lição que ratificamos é de que a força de uma cooperativa está na organização e participação dos associados”.

Eventos como esse demonstram o compromisso do Sistema Oceb em continuar atuando para o desenvolvimento do cooperativismo de crédito no estado da Bahia.

 

CENÁRIO ATUAL

Conforme dados do Sistema OCB, o Brasil conta com 909 cooperativas de crédito e 9,8 milhões de cooperados. Com uma carteira de crédito superior a R$ 115 bilhões, as cooperativas chegam a 594 municípios brasileiros onde as grandes entidades financeiras não estão presentes fisicamente, o que qualifica potencialmente estas sociedades como importantes agentes de desenvolvimento social e econômico. Na Bahia temos 134 pontos de atendimento com mais de 235 mil cooperados. (Fonte: Anuário do Sistema OCB 2019).

 

Por Ascom Sescoop/BA (Com informações do Sicoob CredConquista e Sicoob Coopere)


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

* campo é obrigatório

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.