Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

Nenhum artigo selecionado ainda.
 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Representantes do cooperativismo nordestino se reúnem em Salvador/BA para discutir o plano AgroNordeste

20 de Novembro de 2019, 13:07 , por Iasmin Santana - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 326 vezes
Encontro agrone

Representantes das unidades cooperativistas estaduais da região Nordeste, iniciaram a semana reunidos na capital baiana para juntos conhecerem mais de perto o plano AgroNordeste, lançado em outubro deste ano, pelo Governo Federal, visando o fortalecimento do agronegócio na região Nordeste.

Na ocasião estiveram presentes os presidentes das unidades estaduais: André Viana (PB), Cergio Tecchio (BA), João Nogueira (CE), João Melo (SE) e Malaquias Oliveira (PE), assim como o superintendente da OCB/PI, José de Arimatéa da Silva, o presidente do Sistema OCB, Márcio Freitas e o assessor especial do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e diretor-geral do AgroNordeste, Danilo Forte, que, na oportunidade, destacou a importância da parceria com as unidades estaduais do Sistema Cooperativista Brasileiro e suas unidades estaduais para aplicar o plano de forma eficaz e capaz de gerar rentabilidade para as cooperativas. “Os estados do Nordeste, apesar de suas diversidades, têm características semelhantes em diversos aspectos. Desenvolvemos um plano de ação para colocar o AgroNordeste em prática, da melhor forma. Temos grandes expectativas nas ações que estamos realizando, mas ainda temos alguns desafios, como por exemplo disseminar as melhores formas de venda para cada produtor, para esses desafios contamos com apoios como o do Sistema OCB”, afirmou.

Após fazer uma retrospectiva do diálogo com o MAPA e a ministra Tereza Cristina, sobre a construção e aplicação do plano, o presidente do Sistema OCB, Márcio Freitas, falou sobre o papel das unidades estaduais. “Estamos aqui na intenção de conhecer um pouco mais do projeto para entendermos o que cabe para o cooperativismo. Estamos dispostos a fortalecer o AgroNordeste, mas precisamos saber qual a nossa missão dentro deste plano. Nossa intenção nisso, é colocar energia do cooperativismo, para fazer crescer o nosso modelo de negócio dentro dessa oportunidade que o Governo Federal coloca como proposta.”

 

TECNOLOGIA E INTERCOOPERAÇÃO

Um dos pontos abordados durante o evento foi à utilização da tecnologia e inovação nas atividades dos produtores do ramo agropecuário, destacado pelo presidente do Sistema OCEB, Cergio Tecchio, que na oportunidade considerou que “é necessário adaptar os modelos que já existem para a realidade do Nordeste, que tem clima, hidrografia, vegetação, cultura local, relevo e outros pontos específicos desta região.”

André Viana, presidente do Sistema OCB/PB, durante a reunião afirmou que “precisamos levar experiências de outras cooperativas que não são da nossa região para os nossos estados. Tentar motivar o produtor a partir da inovação e da tecnologia. E não estamos falando de grandes maquinários, estamos falando de modelo de produção”.

Para Malaquias Oliveira, presidente do Sistema OCB/PE é necessário “avançar utilizando a tecnologia em nosso favor.  Quando pensamos em cooperativa temos que pensar em tudo, no empresário, no consumidor, no cooperado, no produtor e em todos que estão ligados direta e indiretamente com as cooperativas. Para termos um programa exitoso, precisamos pensar em todos esses públicos e em como essa tecnologia poderá ser aplicada em cada setor”, afirmou.

SOBRE O PROGRAMA

O programa AgroNordeste é voltado para pequenos e médios produtores que já comercializam parte da produção, mas ainda encontram dificuldades para expandir o negócio e gerar mais renda e emprego na região onde vivem. Entre os objetivos do plano estão aumentar a cobertura da assistência técnica, ampliar o acesso e diversificar mercados, promover e fortalecer a organização dos produtores, garantir segurança hídrica e desenvolver produtos com qualidade e valor agregado.  


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

* campo é obrigatório

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.