Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

Nenhum artigo selecionado ainda.
 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Intercoop Bahia reuniu cooperativas baianas com foco em negócio e intercooperação

4 de Dezembro de 2019, 19:57 , por Iasmin Santana - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 98 vezes
Intercoop capa

“A cooperação é o nosso negócio”. Esse foi o lema das cooperativas baianas que participaram do Intercoop Bahia, evento realizado pelo Sistema Cooperativista Baiano para promoção de negócios e intercooperação. Para além desses propósitos, o Intercoop Bahia, que aconteceu durante a Feira Internacional da Agropecuária (FENAGRO), no período de 23/11 a 01/12, no Parque de Exposições de Salvador/BA, foi uma oportunidade de disseminar a cultura da cooperação para a sociedade.

Isso foi possível porque cooperativas de diferentes ramos (Agropecuário, Crédito, Transporte, Saúde e Trabalho, Produção de Bens e Serviços) expuseram seus produtos e serviços, demonstrando claramente que cooperativismo é um modelo de negócio que dá resultado e transforma vidas. As cooperativas UNIFISIO, UNIODONTO SALVADOR, LIFECOOP, COOLIBA, COOPESAL, COOPROSTE, COOPERFARMS, COOPMAC, COOPES, ELINQ, FRIGBAHIA, SER DO SERTÃO, COPERIL, COOMAP, COOPARDO, SICOOB CENTRAL BA foram expositoras de seus produtos e serviços e o Mercado Somoscoop possibilitou a comercialização de produtos das cooperativas agropecuárias tanto registradas na OCEB, como produtos daquelas que ainda não possuem o registro. É o cooperativismo ganhando força!

 

Estimulo à realização de Negócios

Rodadas de negócios, parcerias entre cooperativas, apresentação e comercialização de produtos e serviços fizeram parte da programação do evento durante os 09 (nove) dias da exposição.

O ciclo de reuniões foi iniciado no primeiro dia da feira, no sábado (23/11), onde cinco cooperativas baianas (Coomap, Digitaxi, Cooperelite, Sicoob Credmed, Sicoob Cooperbom) e a Coopmetro, de Minas Gerais, juntamente com o presidente do Sistema OCEB, Cergio Tecchio, realizaram uma produtiva reunião para debater sobre gestão, mercado e prospecção de negócios.

Já na quinta (28/11), gestores de cooperativas agropecuárias se reuniram para apresentar seus produtos para a representante de uma empresa com atuação no aeroporto de Salvador, saindo com perspectivas positivas de negociação. A empresária, Lorena Pena, explicou que, após uma pesquisa de opinião, foi preciso repensar os produtos a serem comercializados nas lojas do aeroporto: “A ideia é a gente trazer as coisas da Bahia, da raiz da Bahia, e levar até o turista para que ele possa conhecer as nossas riquezas e cultura; não só o turista local, mas o de outros estados e o de fora”. Quando ela soube que cooperativas estavam na Fenagro, achou uma boa oportunidade para se aproximar desse segmento de mercado. “Essa rodada de negócios com as cooperativas foi muito interessante. Saio feliz, com vários negócios em vista”, disse.

Intercoop negocios 5 2

Programação diversificada

Construção de conhecimento, troca de experiências, ações de promoção de bem estar também aconteceram no Intercoop. No auditório do stand foram realizadas palestras e oficinas, tanto pelas cooperativas quanto por organizações parceiras do Sistema Oceb, como a Secretaria do Meio Ambiente da Bahia, que realizou uma oficina de compostagem com crianças e jovens. “Felicidade no trabalho” e “Educação financeira” foram temas de palestras realizadas pelas cooperativas Unifisio e Sicoob Cred Executivo.

Jesilene Sales foi um dos participantes da palestra sobre Educação Financeira, promovida pelo Sicoob Cred Executivo no dia 30/11. Ele é morador da cidade de Brejões e frequentador assíduo da Fenagro e achou o espaço muito interessante. “O bom é que integrou várias cooperativas de segmentos diferentes”. Já sobre a palestra, ele comentou: “O palestrante tocou bem na ferida que é a nossa falta de educação financeira. Eu mesmo me vi em várias situações. A gente viu cuidados simples que podem ser tomados. Quando chegar em casa vou discutir com a família”, concluiu.

No espaço do ramo saúde as pessoas puderam aferir a pressão arterial e fazer teste de glicemia. E, durante a programação do evento, teve um momento de alongamento, conduzido pela Unifisio.

 

Prática da intercooperação

Representantes das cooperativas expositoras circulando entre os stands para conhecer mais de perto as soluções que as outras cooperativas oferecem foi prática comum durante o Intercoop e esse era um dos interesses do Sistema OCEB quando idealizou esse evento.

O presidente do Sistema OCEB, Cergio Tecchio, no encerramento do Intercoop relembrou o trabalho que Sistema Cooperativista Baiano tem feito para ampliar a participação do cooperativismo baiano no mercado. “Das 10 ações estratégicas, que o Sistema OCEB tem como metas, quatro são voltadas para a realização de negócios. E o Intercoop Bahia possibilitou colocarmos a cara do cooperativismo baiano na rua e mostrarmos que nosso negócio é de qualidade, que tem resultado e tem competência para ocupar o mercado. Recebemos visitas de empresários, autoridades, pessoas influentes para ver de perto o nosso trabalho. Ano passado tivemos uma pequena experiência na Fenagro, e esse ano realizamos o primeiro Intercoop Bahia. Ano que vem temos a obrigação de fazer um trabalho ainda melhor”, afirmou Tecchio.

 

Participação do público e o sucesso do Mercado Somoscoop

A movimentação no Intercoop foi intensa durante os noves dias da Fenagro. Milhares de pessoas, de diferentes gerações, além de representantes do poder público, se encontraram e conheceram um pouco mais sobre o cooperativismo, degustaram produtos das cooperativas agropecuárias, como café, polpas de frutas, produtos derivados de licuri e do leite, e fizeram suas compras.

A apresentação de produtos de cooperativas no Mercado SomosCoop chamou atenção das pessoas que estiveram no stand. Além de conferir os produtos, a parada para a foto era inevitável, pois todos queriam fazer o registro junto à marca do SomosCoop, movimento que levanta a bandeira do cooperativismo no Brasil (saiba mais aqui).

 

Visitas e atuação político-institucional

Visitaram o stand estudantes de diversas instituições de ensino, como: alunos do curso de Gestão de Cooperativas, da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), do Instituto Federal Baiano (IF Baiano Serrinha), do Centro Territorial de Educação Profissional do Semiárido, além de outras instituições de ensino médio e fundamental. 

Intercoop visitas 5

Gestores públicos também prestigiaram o Intercoop, como o Secretário e a Superintendente da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia, Carlos Martins e Rose Pondé; o Diretor da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional, Wilson Dias; o Chefe de Gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia, Geandro Ribeiro; e o Superintendente de Agricultura Familiar, Ademilson da Rocha. Também esteve no stand o Senador, Jaques Wagner, que sempre teve grande atuação junto ao cooperativismo baiano, inclusive foi ele, enquanto Governador do Estado, quem promulgou a Política Estadual de Apoio ao Cooperativismo (lei estadual n.º 11.362/2009) e seu Decreto regulamentador n.º 13,148/2011.

Além dele, o Secretário da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura do Estado da Bahia (Seagri), Lucas Costa, que vem fortalecendo muito as cadeias produtivas no Estado, e abraçou o cooperativismo como solução para execução das atividades de fortalecimento, destacou a participação do cooperativismo para o desenvolvimento do agronegócio. “Eu vejo o sistema de cooperativas muito importante para o agronegócio baiano, principalmente para que a gente consiga unificar as nossas produções, trazendo nisso uma oportunidade de mercado, cada vez maior, para o agropecuarista baiano. Eu não tenho dúvidas que a OCEB tem feito um trabalho muito bom aqui na Bahia, a gente tem apoiado constantemente, e a Seagri está sempre do lado do sistema de cooperativas para ajudar a impulsionar, ainda mais,  a agricultura que mais cresce no país e vai crescer anda mais esse ano”.

Já o senador comentou sobre a evolução dos produtos das cooperativas expostos na feira. “Eu fico orgulhoso de ver, depois de 10 anos, desde a primeira Fenagro, como as coisas têm evoluído. Cada dia, melhores produtos, apresentação, comercialização, mais aporte de tecnologia. Em tempos de desemprego é importante o empreendedorismo e fazer empreendedorismo focado em cooperativas eu acho que vai alavancar muito mais”, comentou.

Demonstrando, cada vez mais, a sua forte atuação em relacionamentos políticos-institucionais, que é missão da OCEB, o presidente do Sistema OCEB, Cergio Tecchio, e o conselheiro do Ramo Agropecuário da OCEB, Jaymilton Gusmão, tomaram posse, durante a FENAGRO, no Conselho de Desenvolvimento Agrícola, como titular e suplente, respectivamente. Saiba mais aqui.

 Intercoop visitas 2

Opiniões

 “Foram 9 dias intensos, de muito trabalho em equipe, garra e novas experiências. Cada cooperativa que esteve presente no espaço Intercoop contribuiu para o crescimento de todos, e também deixou marcas positivas que levaremos para toda vida. Sentimos de perto a força da intercooperação e o verdadeiro significado da união! Sensação de dever cumprido e muita gratidão, em especial, ao presidente Cergio Tecchio do Sistema Oceb e toda sua equipe que sempre estiveram disponíveis para nos ajudar”. (Uniodonto Salvador)

 “Foi muito importante participar do Intercoop porque houve a oportunidade de encontrar com outras cooperativas de produção, como as de derivados de leite, polpa de frutas,  café, além de conhecer cooperativas de outros ramos, o que não é muito comum. Foi uma oportunidade de fazer negócios, vender os nossos produtos e, principalmente, representar as quebradeiras de licuri da região de Capim Grosso”. (Josenaide de Souza, área de vendas da COOPES – Cooperativa de Produção da Região Piemonte e Diamantina).

E esse sentimento de ter valido a pena estar na Fenagro foi destacado por todas as cooperativas participantes, pois muitas foram desafiadas a enfrentarem o novo, como cooperativas dos ramos Transporte; Trabalho, produção de bens e serviços e Saúde que tinham a impressão de que só cooperativas agropecuárias e de crédito prosperavam numa exposição como a FENAGRO, mas, foram surpreendidas com as possibilidades de negócios que puderam iniciar um diálogo.

 

Quer saber mais?

O Intercoop teve uma ampla cobertura e as postagens podem ser conferidas nas redes sociais do Sistema OCEB (Instagram e Facebook). Vem com a gente!

 

 Intercoop coletiva

 

Por Ascom OCEB e Sescoop/BA

Fotos: Enaldo Pinto 


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

* campo é obrigatório

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.