Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

BahiaCoop

Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Blog

31 de Janeiro de 2013, 0:00 , por Rede Ola.coop.br - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

Bahiacoop: Maior evento do cooperativismo baiano chega a sua 5ª edição

29 de Outubro de 2018, 19:02, por Iasmin Santana - 0sem comentários ainda

Nos últimos dias 18 e 19 de outubro, representantes cooperativistas de toda a Bahia participaram do V Bahiacoop – Encontro Estadual de Cooperativas Baianas. Esse é o maior evento do cooperativismo no estado e não é por acaso. Reuniu cerca de 300 participantes e teve como objetivo disseminar a cultura da cooperação, fomentar o potencial das cooperativas para a realização de negócios e aprimorar a relação entre cooperativas e seus cooperados.

Nesta edição o tema central foi “Os desafios das Cooperativas na organização dos seus quadros sociais”. O destaque foi a presença do presidente da ACI (Aliança Cooperativa Internacional), Ariel Guarco, que veio pela primeira vez ao Brasil após iniciar seu mandato na instituição, para ministrar a palestra magna “Pertencimento Cooperativista: União Capaz de Mudar o Mundo”, na abertura do evento no dia 18.

Para Guarco, esta foi uma excelente oportunidade de conhecer em profundidade o movimento cooperativo baiano. “Acredito que a participação nessas reuniões nos dá a possibilidade de entender melhor nosso potencial e os desafios que temos juntos. Muitas vezes, as cooperativas são vítimas de um ambiente econômico desfavorável ao desenvolvimento solidário, mas, na minha opinião, uma maneira de quebrar essa tendência é construir fortes laços entre os cooperados, as cooperativas e instituições específicas do setor”, comentou.

Vbahiacoop2018 7

A abertura do Bahiacoop foi feita pelo presidente do Sistema OCEB, Cergio Tecchio, que agradeceu entusiasmado a presença de todos e reforçou o quanto o cooperativismo tem se desenvolvido no país, e a importância do evento para promover a intercooperação e o fortalecimento do setor. Também deram as boas-vindas ao público, o presidente da OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras), Márcio Lopes de Freitas, o presidente da Aliança Cooperativa Internacional - ACI, Ariel Guarco, e o representante do Governo Estadual, José Paulo Crisóstomo, que é o Secretário Executivo do Conselho Estadual do Cooperativismo.

Márcio Lopes expressou a sua satisfação de participar desse momento. Segundo ele, “é uma maneira de ter a percepção do movimento do cooperativismo baiano e acaba sendo uma referência para outros estados”. Ele também comentou ser fundamental a escolha do tema relacionamento com o associado, pois “em um tempo onde os valores, princípios, em especial a confiança, que está em baixa na sociedade, você cultivar confiança, trazer mecanismos que cultivem, que criem, que propaguem a confiança é fundamental para o desenvolvimento do cooperativismo”, ressaltou.

José Paulo Crisóstomo falou sobre a relevância do cooperativismo na vida das pessoas. “Na verdade nós temos o desafio na Bahia de mostrar, cada vez mais, os casos de sucesso e começar a multiplicar, mostrando para as autoridades municipais, para o legislativo, para os diversos membros do executivo, a importância do cooperativismo na geração de trabalho e renda, na inclusão social, na promoção do desenvolvimento, no apoio a tudo que faz com que melhore a vida das pessoas”, disse.

 

Sobre as palestras do dia 19

Para dialogar com o público sobre gestão, planejamento e valores cooperativistas, também estiveram no time de palestrantes do V Bahiacoop: o líder cooperativista nacional, João Paulo Koslovski, a assessora de ação educativa da Lar Cooperativa (PR), Carmem Teresa Zagheti, e o filósofo e colunista do Jornal Folha de São Paulo, Luiz Felipe Pondé.

Planejar é decidir fazer”. Essa foi uma das reflexões trazidas pelo palestrante João Paulo Koslovski, que também apresentou sobre as etapas que envolvem o planejamento estratégico e qual o impacto no desenvolvimento das cooperativas. Ele também falou sobre a experiência do Paraná na elaboração do planejamento estratégico sistêmico do cooperativismo, desde a década de 70, destacando os aprendizados e resultados alcançados.

Já para tratar sobre “Relacionamento com o Associado” com muita propriedade, o evento recebeu Carmem Teresa, que compartilhou o trabalho que tem sido feito na Cooperativa Agroindustrial Lar nas diferentes dimensões (econômica, social e ambiental) para estimular a participação dos associados e funcionários na cooperativa, com ações pautadas em valores e voltadas para a educação cooperativista. “Fazer parte de uma maneira efetiva e afetiva”, disse Carmem em vários momentos da palestra, expressando que esse é o compromisso da cooperativa em promover o desenvolvimento econômico e social dos associados e comunidade.

Para enriquecer, ainda mais, as reflexões sobre o tema, o associado e Coordenador do Conselho Fiscal da Lar Cooperativa Agroindustrial, o jovem Adriano Finger, contou sua história de vida e do quanto a participação na cooperativa tem contribuído positivamente para a sua trajetória pessoal e profissional.  

A última palestra foi de Luís Felipe Pondé sobre “A prática de valores cooperativistas”. Ele envolveu o público com sua abordagem crítica sobre ética e valores, principalmente no contexto da sociedade brasileira.

 Vbahiacoop2018 3

Participação das cooperativas

O Bahiacoop também abriu espaço para as cooperativas baianas fazerem negócios por meio da exposição de seus produtos e serviços. Nesta edição participaram da exposição as seguintes cooperativas: Lifecoop, CTES, Aerovan, Sicredi Salvador, Sicoob Cooperbom, Uniodonto Salvador  e Cooliba, além do Sicoob Central. O Sistema OCEB aproveitou a oportunidade para montar seu stand com a identidade visual do SomosCoop para ampliar a visibilidade desse Movimento que levanta a bandeira do cooperativismo no Brasil.

A intercooperação também foi foco durante a apresentação dos casos de sucesso das cooperativas baianas – Sicredi Região Sul da Bahia (Itabuna), Sicoob Cooperbom (Salvador) e a Coopeb (Barreiras) - que desenvolvem boas práticas de gestão e governança em suas áreas de atuação. A experiência da Sicoob Cooperbom foi sobre as ações implementadas para promover a expansão do atendimento nacional; já a da Coopeb foi voltada para a organização social com foco no relacionamento entre cooperado e cooperativa; e a Sicredi Região Sul da Bahia apresentou seu projeto que promove educação financeira para o público infantil.

 

Realização

O V Bahiacoop foi promovido pela OCEB (Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado da Bahia) e pelo Sescoop/BA (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado da Bahia), com patrocínio da OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras) e apoio da Revista MundoCoop.

Acompanhe todos os conteúdos (fotos, notícias e apresentações) do V BahiaCoop no site: https://ola.coop.br/bahiacoop

 

Por Ascom Sistema OCEB (Com informações da MundoCoop)

Fotos: Surpreender Eventos e Sistema OCEB

Vbahiacoop2018 2



Primeiro dia do V Bahiacoop foi um sucesso!

19 de Outubro de 2018, 12:21, por Brenda Gomes - 0sem comentários ainda

O primeiro dia do V Bahiacoop reuniu lideranças cooperativistas nacionais e internacionais. A abertura contou com a presença do presidente da Aliança Cooperativa Internacional - ACI, Ariel Guarco, do presidente da OCB, Márcio Lopes, do presidente do Sistema OCEB, Cergio Tecchio, e o representante do Governo Estadual, José Paulo Crisóstomo. 
O evento continua nesta sexta-feira (19). 

Confira a programação no site: https://bit.ly/2ysKNPY.

 

Primeiro dia bahiacooppred



PARTICIPE DO MAIOR EVENTO DO COOPERATIVISMO BAIANO

24 de Agosto de 2018, 14:05, por Iasmin Santana - 0sem comentários ainda

Participe do maior evento do cooperativismo baiano, dias 18 e 19 de outubro de 2018, em Salvador. ​

O V BAHIACOOP trará profissionais de referência no mercado para debater tópicos de interesse das cooperativas baianas com o objetivo de disseminar a cultura da cooperação, fomentar o potencial das cooperativas para a realização de negócios e aprimorar a relação entre cooperativas e seus cooperados.

O evento deste ano abordará temas inspiradores como o planejamento estratégico realizado pelo cooperativismo paranaense, assim como o exemplo de relacionamento entre cooperativa e seus cooperados da Unimed Poços de Caldas/MG. 

Para abertura do V Bahiacoop o Sistema OCEB tem a honra de receber, pela primeira vez no Brasil, o atual Presidente da Aliança Cooperativa Internacional – ACI , Sr. Ariel Guarco. 

O BahiaCoop trará, também, grandes exemplos de cooperativas baianas, aderentes ao Programa de Desenvolvimento do Cooperativismo – PDGC, com índices diferenciados de gestão e governança.

O V BahiaCoop objetiva oportunizar a troca de experiências e intercooperação entre as cooperativas participantes, além de promover o cooperativismo para sociedade baiana.

Cooperativas, participem! Clique aqui e faça sua inscrição.


Serviço:

V BahiaCoop
Quando? 18 e 19 de outubro de 2018
Onde? Fiesta Convention Center – End.: Antônio Carlos Magalhães, 741 Itaigara, Salvador, BA
Horário? 18/10 – A partir das 18h e 19/10/2018 – 08h às 17h30min
Valor? R$ 100,00 (até 31/08) e R$ 150,00 (a partir de 01/09) - Há desconto para inscrição de grupo, a partir de 05 pessoas da mesma Cooperativa!



Cooperativas apresentam casos de sucesso

16 de Outubro de 2014, 9:09, por André Felipe - 0sem comentários ainda

No III BahiaCoop casos de sucesso das cooperativas do ramo agropecuário, crédito, educação e transportes foram apresentados. O objetivo foi mostrar aos participantes a trajetória das cooperativas, seus desafios e ações promovidas pelas entidades na promoção do cooperativismo e do bem-estar social.

Representando o ramo agropecuário, a Cooperativa Agropecuária do Oeste da Bahia – COOPROESTE – apresentou um panorama das atividades desenvolvidas pela cooperativa. Além disso, foram demonstrados os indicadores da produção/safra e o faturamento da cooperativa 2012/13. A apresentação foi realizada pelo gerente administrativo da cooperativa, Nelson Siqueira Lopes. “Apresentar o trabalho e os resultados da nossa cooperativa em um evento desse porte é fundamental, pois crescemos e contribuímos com o cooperativismo, além de ser uma oportunidade de fazer negócios”, comenta Nelson Siqueira.

A cooperativa de crédito Sicoob Central/BA tratou da “Governança e Centralização de Processos”. O responsável para explanar o assunto foi o diretor operacional da cooperativa, Josemir Pereira Soares. “Com a implantação das boas práticas de governança alcançamos excelentes resultados. Além disso, a centralização de processos contribuiu significativamente na melhoria dos serviços contábeis e assessoramento jurídico”, salienta Josemir Pereira.

Na sequência, a Cooperativa Educacional da Região de Irecê – COPERIL – foi representada pela presidente, Alaerte Aronia. Os presentes acompanharam um pouco da história da cooperativa, através de um vídeo institucional produzido pelos estudantes. Alaerte destacou a campanha promovida pela cooperativa em comemoração ao Dia C. A atividade desenvolvida foi arrecadar  notas e cupons fiscais em prol do Hospital Aristides Maltez, resultando na entrega de mais de 103.225 notas e cupons fiscais. De acordo com Alaerte Aronia, a cooperativa apresentou ótimos resultados em 2014. “A COPERIL é referência educacional na região e trabalhamos para manter o crescimento da cooperativa. Desta forma, aumentamos o número de alunos matriculados em nossa unidade, além do ingresso de novos associados na cooperativa. O resultado do trabalho desenvolvido é confirmado com a aprovação dos nossos estudantes nos vestibulares das Universidades Federais”, ressalta Alaerte.

Finalizando as apresentações, os presidentes das cooperativas de táxi COOMETAS e COMTAS, Vicente Carlos Barreto dos Santos e Heleniel Moreira Fernandes, respectivamente, explanaram sobre suas cooperativas e destacaram o excelente trabalho realizado durante a Copa do Mundo da Fifa 2014, em Salvador. O presidente da COMTAS, Heleniel Fernandes, disse que tornar público  os trabalhos desenvolvidos pelas cooperativas é muito gratificante, além de reforçar a importância do cooperativismo no desenvolvimento econômico e social da Bahia.

 



III BahiaCoop promove ciclo de palestras

14 de Outubro de 2014, 16:47, por André Felipe - 0sem comentários ainda

 

Durante o III Encontro Estadual das Cooperativas Baianas – BahiaCoop – os participantes acompanharam palestras e cases de sucesso de algumas cooperativas, além de praticarem a intercooperação, através dos stands das cooperativas montados no espaço do evento.

 

O segundo dia do BahiaCoop começou com a palestra do Presidente do Bancoob, Marcos Aurélio Almada. O tema abordado foi “Governança Cooperativa como Ferramenta no Desenvolvimento do Cooperativismo”. A apresentação da palestra foi ilustrada com exemplos de empresas, que por não adotar uma governança estruturada enfrentaram grandes problemas. O Presidente ressalta que a governança é fundamental para o sucesso nos negócios. "É necessário avançar e a governança bem estruturada tem papel significativo para alcançar objetivos", comenta Marcos Aurélio. Na oportunidade, modelos de governança foram apresentados e o palestrante destacava o papel dos envolvidos no processo.

 

Depois da brilhante palestra do Presidente do Bancoob, o público acompanhou a apresentação do Presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná – OCEPAR, João Paulo Koslovski. O assunto abordado pelo presidente foi  “Desenvolvimento Sustentável via Cooperativa”. Na ocasião, os desafios do cooperativismo e sugestões de ações para superá-los foram discutidos. “A qualificação continuada e o profissionalismo são ferramentas essenciais para o desenvolvimento e fortalecimento do cooperativismo”, destacou João Paulo.

 

Para o vice-presidente da cooperativa COOPERMED, Sérvulo Dourado, o cooperativismo só avança com a participação e opinião de todos. “Esse evento é a oportunidade de trocarmos experiências e juntos superarmos os desafios. Aqui, encontramos colegas mais experientes explanando sobre suas dificuldades e as soluções adotadas. Desta forma, crescemos e podemos pensar no futuro.”

 

Dando sequência à programação do evento, as cooperativas dos ramos agropecuária, crédito, educação e transportes apresentaram seus cases de sucesso. Cada cooperativa trouxe um pouco da sua trajetória, dos desafios enfrentados e das conquistas, além de evidenciar ações que contribuíram para o sucesso da cooperativa. Fechando o ciclo de palestras, Kau Mascarenhas abordou o tema “Nova Visão de Liderança”. O palestrante provocou entre os participantes um momento de reflexão sobre o papel da liderança. Além disso, a metodologia adotada estimulou a participação dos presentes durante a apresentação.

 

Para o Conselheiro de Administração da cooperativa Sicoob Costa do Descobrimento, Hélio Ferreira da Silva, o evento superou as expectativas. “Promover um Encontro dessa grandeza é muito importante para o cooperativismo. O evento ultrapassou minhas expectativas e colaborou para aprimorar o conhecimento, além de possibilitar a aproximação com outras cooperativas de diversos ramos.”

 

Intercooperação.

O sexto princípio do cooperativismo foi colocado em prática no III BahiaCoop. Durante os dois dias  de evento as cooperativas dos ramos saúde, transporte, trabalho, crédito e agropecuário puderam expor seus produtos e serviços, além de utilizarem o evento para iniciar processos de parcerias. Para a Presidente da Cooperativa UNIFISIO, Sandra Cohim, esse momento oportunizado pelo Sistema OCEB-SESCOOP/BA é fundamental para estreitar relações e negócios “Mais uma vez o evento reforça a intercooperação e isso é importante no processo de união das cooperativas. A OCEB e o SESCOOP/BA estão de parabéns em promover um evento dessa magnitude, buscando sempre promover o cooperativismo.” O Superintendente da Cooperativa COOTRASB, Gilvan Souza, comenta sobra a importância em promover a intercooperação. “Esse princípio estimulado pelo Sistema OCEB e concretizado nesse evento é uma prova do fortalecimento do cooperativismo na Bahia. Temos a oportunidade de conhecer o que cada cooperativa oferece e trocar ideias e experiências com os expositores. Unidos somos mais fortes.”