Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

 Voltar a Blog
Tela cheia

COOPERATIVAS AGROPECUÁRIAS QUEREM CELERIDADE NO CADASTRO AMBIENTAL RURAL

16 de Maio de 2015, 0:40 , por Ane Calafange - 1Um comentário | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 131 vezes
Desenho de uma propriedade adequada

VOCÊ JÁ FEZ O CAR DO SEU IMOVEL RURAL?

 "As cooperativas agropecuárias atuarão  fortemente para regularizar os estabelecimentos rurais de seus cooperados frente às exigências do novo Código Florestal brasileiro. O presidente da Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc), Marcos Antônio Zordan, em entrevista, destacou que é importante acelerar o processo de implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e cumprir a meta de cadastrar 100% das propriedades rurais do país em um prazo de cinco anos. Zordan lembra que mais de 90% das propriedades rurais não estão regularizadas perante o governo federal. 

O Cadastro Ambiental Rural – CAR é um registro eletrônico, obrigatório para todos os imóveis rurais, que tem por finalidade integrar as informações ambientais referentes à situação das Áreas de Preservação Permanente - APP, das áreas de Reserva Legal, das florestas e dos remanescentes de vegetação nativa, das Áreas de Uso Restrito e das áreas consolidadas das propriedades e posses rurais do país, constituindo-se como base de dados estratégica para o controle, monitoramento e combate ao desmatamento das florestas e demais formas de vegetação nativa do Brasil, bem como para planejamento ambiental e econômico dos imóveis rurais.

O Poder Público terá, pela primeira vez, dados georreferenciados das 5,175 milhões de propriedades rurais do país, das 27 unidades federadas, 11 Estados possuem sistemas próprios para registro de propriedades no CAR.

O dirigente destacou que o produtor rural cooperado continuará produzindo de maneira sustentável, preservando a biodiversidade, protegendo o solo e os recursos hídricos de sua propriedade, completamente regularizado frente ao novo ordenamento legal. O pequeno e médio produtor rural que tiver um passivo ambiental, terá tempo para corrigi-lo e – cadastrando-se no CAR – ficará isento de multas anteriores a julho de 2008. Paralelamente, voltará a ter acesso ao crédito, o que pode melhorar a qualidade e a quantidade de sua produção."

NÃO PERCA O NOVO PRAZO!!!

 

A matéria está disponivel em: http://www.farmpoint.com.br/cadeia-produtiva/giro-de-noticias/cooperativas-agropecuarias-querem-celeridade-no-cadastro-ambiental-rural-86069n.aspx


Categorias

Meio-ambiente

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

* campo é obrigatório

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.