Ir para o conteúdo
ou

Tela cheia
 Feed RSS

Teste Bahiacooperativo RSS

16 de Setembro de 2015, 20:11 , por Joenio Costa - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

Sistema OCEB promove curso para conselheiros fiscais de cooperativas baianas

26 de Junho de 2017, 17:35, por Portal Bahia Cooperativo - 0sem comentários ainda

curso-conselheiros-fiscais-2017-3

Conselheiros fiscais de cooperativas da região oeste da Bahia, vinculadas ao Sistema OCEB, participaram no dia 22 de junho, no município de Luís Eduardo Magalhães, do curso para Conselheiros Fiscais das Cooperativas. 

A capacitação foi promovida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado da Bahia – SESCOOP/BA, em parceria com o Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado da Bahia – OCEB, e teve como objetivo sensibilizar e apresentar aos conselheiros fiscais assuntos importantes para melhorar seu desempenho no exercício do cargo, conscientizando-os sobre como suas ações impactam para o alcance de boas práticas de gestão e uma maior participação na governança da cooperativa.

Durante o evento, os participantes trocaram conhecimentos com o instrutor, Leoney Miranda, que explicou sobre o que é ser conselheiro fiscal e quais são os deveres, direitos, responsabilidades, funções e limitações dos conselheiros no exercício do mandato nas cooperativas. Além desses conteúdos, o público teve acesso a outros temas, como noções contábeis para análise de balanço e direitos e deveres do cooperado. 

A conselheira fiscal da Cooperfarms – Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia, Camila Fontana, participou pela primeira vez desse tipo de capacitação e destacou que um dos aprendizados foi o de perceber a importância do papel do conselheiro fiscal no acompanhamento do dia-dia da cooperativa e na análise das contas. Ela também sanou suas dúvidas e trocou experiências com os outros participantes do curso. 

Essa é mais uma capacitação que o Sistema OCEB promove, contribuindo com a efetivação do quinto princípio do cooperativismo: Educação, formação e informação. 

Fotos cedidas pela Cooperfarms



Salvador sediou Encontro das Cooperativas Baianas do Ramo Trabalho

20 de Junho de 2017, 20:36, por Portal Bahia Cooperativo - 0sem comentários ainda

encontro-cooperativas-ramo-trabalho-2017-foto-capa

Segundo dados de 2016 da Organização das Cooperativas Brasileiras - OCB, no Brasil tem 895 Cooperativas de Trabalho ativas que contribuem para movimentar o PIB do país. Dentre essas, estão as cooperativas baianas que têm buscado aprimorar a sua gestão, objetivando, sobretudo, a ampliação do seu acesso ao mercado.

Para isso, as cooperativas do estado podem contar com o Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado da Bahia – OCEB e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado da Bahia - SESCOOP/BA, que, inclusive, promoveram ontem, dia 19, o Encontro das Cooperativas do Ramo Trabalho. O evento ocorreu, em Salvador, reunindo mais de 50 participantes, entre dirigentes de 15 cooperativas do ramo trabalho, profissionais da área jurídica e representantes da Controladoria Regional da União no Estado da Bahia - CGU, da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte - SETRE/BA e do Sistema OCEB.

Palestras e debates sobre temas estratégicos

Pela manhã, o público acompanhou o painel com as palestrantes convidadas, Milena Tawanny e Shirley Rodrigues. Milena, Assessora Jurídica da OCB, tratou sobre os aspectos da Lei 12.690/2012, explicando sua diretriz e aplicabilidade. Ela destacou que se todas as cooperativas de trabalho estiverem na conformidade legal, ou seja, enquadradas da Lei 12.690/2012, elas terão condições de dar mais voz ao cooperativismo e isso faz um eco diferente frente ao poder público. E acrescentou sobre a relevância de eventos como esse para aproximar as cooperativas da unidade nacional: “Passamos a entender melhor os problemas enfrentados pelas cooperativas e isso torna mais célere o processo, a fim de converter essas demandas em ações concretas perante os três poderes”.

Já Shirley apresentou o case da Cooperativa Querubim Saúde, sediada em Brasília/DF, da qual é presidente, trazendo informações sobre o investimento em tecnologia e comunicação que tem sido feito para melhorar o desenvolvimento da cooperativa, como a implantação do SYSQUECOOP, sistema que integra ferramentas que trazem facilidade e transparência para o cooperado. “A comunicação dentro da cooperativa é uma forma de transparecer para o cooperado todas as atividades, projetos, demandas de cursos e treinamentos, etc. Isso tudo ajuda a cooperativa a ter um bom serviço”, explicou. Ao final do painel, os presentes aproveitaram para tirar dúvidas com as palestrantes, citando a realidade das suas cooperativas.

À tarde, o advogado e consultor da OCB, Marcos Caetano palestrou sobre “Contribuição Previdenciária do Cooperado”, expondo sobre o Ato Declaratório Interpretativo – ADI nº 05/2015, da Receita Federal do Brasil, trazendo como principais aspectos os reflexos tributários do ADI RFB nº 05/2017 e recolhimento da contribuição previdenciária. “O entendimento sobre esses assuntos expande o conhecimento sobre planejamento tributário com o intuito de ampliar a competição no mercado e minimizar a carga tributária”, ressaltou o palestrante.

Em seguida, os participantes debaterem sobre aspectos das Relações de Trabalho, no contexto da recém-promulgada Lei n.º  13.429/2017, a partir dos conteúdos apresentados por Eduardo Pastore, Advogado Trabalhista sócio da Pastore Advogados, que explanou sobre como as cooperativas podem sentir os reflexos desta Lei, evidenciando a forma de atuação das Cooperativas de Trabalho, que vendem serviço e não mão-de-obra, é isso que precisa estar muito claro: “O problema está relacionado à gestão nas cooperativas. Ao invés de olhar para fora as cooperativas tem que olhar para si mesmas, para dentro”. E, segundo ele, esse exercício preventivo está sendo feito aqui pelo Sistema OCEB: “É exatamente trabalhar a questão preventiva, a cultura organizacional, mostrando para o cooperado que ele é o sócio e usuário da sua cooperativa, é o dono do seu próprio negócio”.

Balanço do evento

Para a conselheira do Ramo Trabalho na OCEB, Raquel Mendes, presidente da Cooperativa de Trabalho Multidisciplinar de Prestação de Serviços e Assistência Técnica Ltda - Coopermulta, os temas abordados foram excelentes, como o da terceirização: “é importante para que a gente se enquadre nos novos trabalhos em relação à terceirização, para que as cooperativas do Ramo estejam dentro do propósito solicitado”. Ela também convocou as cooperativas de trabalho a se unirem mais para alcançar melhores resultados. Essa opinião foi compartilhada por Marcos Silva, presidente da Cooperativa de Trabalho dos Profissionais de Manutenção e Serviços Ltda - Coopman, que ressaltou a importância do encontro para estimular a integração das pessoas: “É uma forma de incentivar e nos estimular, pois as cooperativas de trabalho ainda têm condições de sobrevivência, apesar de todos os entraves que temos visto. É preciso lutar!”, disse entusiasmado.

Osmar Feitoza, Auditor Federal de Finanças e Controle da Superintendência da Controladoria Regional da União no Estado da Bahia, fez uma avaliação positiva afirmando: “Como membro do CGU eu achei o evento muito bom e oportuno. Os temas foram bastante relevantes e foram apresentados por pessoas muito bem preparadas. As exposições dos painéis foram claras, elucidativas e os palestrantes também permitiram o debate. Isso tornou o evento dinâmico, espontâneo, cientifico, metodológico e superou com certeza todas as minhas expectativas”.

Para o presidente do Sistema OCEB, Cergio Tecchio, o evento trouxe “temas que estão na ordem do dia e precisam ser discutidos para que as cooperativas possam se reinventar, a partir da compreensão da nova realidade do mercado”. Ele encerrou o evento sensibilizando os presentes sobre a necessidade das cooperativas ouvirem seus cooperados: “Quando esse sentimento for despertado muita coisa que se debateu aqui no encontro ficará mais fácil. Não é uma tarefa simples, mas é preciso trabalhar a coletividade”.

A realização desse Encontro reafirma o compromisso do Sistema OCEB com o quinto princípio do cooperativismo (Educação, formação e informação), além de atender a um dos objetivos estratégicos finalísticos do Sescoop/BA que é promover a profissionalização da gestão cooperativista.

 

Por ASCOM Sistema OCEB

Foto capa: SETRE/BA

Confira registros do evento:



A Unifisio, mais um ano, realiza o Dia de Cooperar

14 de Junho de 2017, 14:45, por Portal Bahia Cooperativo - 0sem comentários ainda

dia-c-unifisio-1

Este ano o foco da ação foi “Acolhendo e Vivenciando a Infância”

A experiência do Dia C na ação “Acolhendo e Vivenciando a Infância” na creche Guerreiro da Paz foi fantástica”, relatou uma das participantes do grupo de cooperados de assistência hospitalar da Unifisio - Cooperativa de Trabalho dos Fisioterapeutas da Bahia. A realização da ação da cooperativa no Dia de Cooperar - Dia C já acontece há 4 anos e, dessa vez, foi concretizada no dia 09 de junho, em uma instituição, localizada em Salvador.

Durante a ação, os voluntários acolheram, brincaram e proporcionaram atividades sensoriais com as crianças da creche, contribuindo para a interação entre todos. O resultado positivo foi revelado pela felicidade das crianças ao partilhar atenção, toque e carinho. Josy Lobo, uma das integrantes da equipe envolvida no projeto, destacou a importância de proporcionar bem-estar para as crianças e registrar em suas memórias horas de prazer e alegria com gestos simples.

A cooperativa também se mobilizou para arrecadar leite e já fez a doação do produto para a instituição, demonstrando o interesse de realizar mais ações como essa em prol das crianças. 

Essa é mais uma atividade voluntária que faz parte das celebrações do Dia C, iniciativa apoiada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado da Bahia – SESCOOP/BA e pelo Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado da Bahia - OCEB, e que estimula as cooperativas a atuarem junto às comunidades onde estão situadas, reafirmando o nosso compromisso com o sétimo princípio do cooperativismo que é o interesse pela comunidade, além da realização de atividades de promoção social. 

Por ASCOM SESCOOP/BA com informações da Unifisio

Fotos cedidas pela Unifisio



Concurso de Redação Unimed motiva crianças e adolescentes a refletirem sobre Cooperação e Solidariedade

9 de Junho de 2017, 18:14, por Portal Bahia Cooperativo - 0sem comentários ainda

foto-oficial-concurso-redacao-unimed

Milhares de estudantes de 11 escolas de Teixeira de Freitas, extremo sul da Bahia, participaram da 17ª edição do Concurso de Redação Unimed e contribuíram para divulgar os princípios cooperativistas e resgatar valores fundamentais para a formação de uma sociedade mais justa e responsável. A promoção da cultura da cooperação e disseminação da doutrina, dos valores e princípios do cooperativismo fazem parte dos objetivos do SESCOOP/BA, que apoia há anos esse concurso. 

Após a realização de duas fases, o concurso finalizou com a premiação dos estudantes e das escolas, no dia 06 de junho, em Teixeira de Freitas, e contou com a presença dos professores, alunos finalistas e seus familiares, representantes das escolas participantes e da Diretoria Executiva da Unimed Extremo Sul. 

A Conselheira Diretora da OCEB do Ramo Educacional, Alaerte Aronia Martins, foi representando o Sistema OCEB e expressou a satisfação de ter participado da premiação e acredita que esse concurso planta uma semente que dará bons frutos, motivando crianças e adolescentes a pensar sobre o cooperativismo, já que esses podem ser futuros cooperados nos diversos ramos existentes. Ela também destacou a importância do concurso e a necessidade de ampliar a ideia para outras cidades da Bahia. “A Unimed do Extremo Sul está de parabéns pela iniciativa e manutenção do concurso e parabéns também para o SESCOOP/BA pelo apoio a um projeto de grande relevância”, disse.

Os estudantes foram convidados a refletir e escrever sobre o seguinte tema: “Cooperação e Solidariedade: o caminho para a transformação da Humanidade”, trazendo à tona o debate sobre a necessidade da retomada de valores indispensáveis para a construção de uma sociedade melhor. Dentre os 3.892 participantes, , os vencedores do XVII Concurso de Redação Unimed foram:

6º ano
EMILLY SOUZA GONÇALVES – Colégio Anchieta Objetivo
Título da redação: “Ana e a Solidariedade”

7º ano
SABRINA CARVALHO AUGUSTO VILAS BOAS - Colégio Anchieta Objetivo
Título da redação: “Os dois mundos”

8º ano
TÁRCILA AMARAL CAIRES – Colégio Anchieta Objetivo
Título da redação: “Cooperação e solidariedade: alicerces para um mundo melhor”

9º ano
LAVÍNIA BARROS RAMOS – Escola Cooperativa de Teixeira de Freitas
Título da redação: “A fórmula de um mundo melhor”

A diretora do Colégio Anchieta Objetivo, srª Maria Helena Nascimento, disse que, como representante da escola, sente-se horada em poder participar do concurso, porque é uma iniciativa séria e que reforça um dos pilares da educação: produzir conhecimento. “Esse concurso possibilita mostrar para a comunidade o trabalho que vem sendo desenvolvido dentro da escola e o resultado de ter três alunos premiados é muito importante. Ela também ressaltou o papel dos professores de português no apoio aos estudantes ao debater o tema em sala e na indicação de pesquisas. 

Emilly Souza, estudante do 6º ano premiada, comentou que gostou muito de ter participado do concurso, o primeiro da sua vida, e deu a dica para alcançar o resultado positivo: “levei a sério, pesquisei, pedi ajuda à professora e pessoas da família”. A partir do concurso ela também pode conhecer o trabalho da cooperativa Unimed Extremo Sul. 

A premiação final dos alunos vencedores foi um computador com uma impressora multifuncional. Além da premiação dos alunos e seus professores, as escolas ganharam um datashow. 

As fases do concurso

O Concurso de Redação é dividido em duas fases. A primeira aconteceu em cada escola com a seleção das melhores redações de cada série (6º, 7º, 8º e 9º anos), sendo que 11 escolas participaram do projeto, totalizando 3.892 alunos envolvidos.

Os alunos autores das redações selecionadas, após etapa inicial na escola, produziram novos textos na Unimed, no dia 30 de maio de 2017, concorrendo à premiação final. Na última etapa, 11 alunos por série concorreram ao título de melhor redação. As redações vencedoras foram escolhidas pela Comissão Julgadora da Unimed, composta por 03 professores da UNEB. 


Por ASCOM SESCOOP/BA, com informações da Unimed Extremo Sul



Encontro reunirá Cooperativas de Trabalho na Bahia para debaterem temas estratégicos

9 de Junho de 2017, 11:38, por Portal Bahia Cooperativo - 0sem comentários ainda

avatar-ramo-trabalho-rev

O Encontro das Cooperativas do Ramo Trabalho, evento promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado da Bahia – SESCOOP/BA, com o apoio do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado da Bahia – OCEB, acontecerá no dia 19 de junho, em Salvador/BA, onde reunirá dirigentes, associados, gestores e assessores jurídicos de Cooperativas do Ramo Trabalho do Estado da Bahia. 

O evento será uma grande oportunidade para o público participar de palestras e discussões, contemplando assuntos atuais e estratégicos, e que busca estimular as cooperativas desse ramo a aprimorarem a sua gestão, objetivando, especialmente, a ampliação do seu acesso ao mercado. 

A programação está diversificada, sendo que, pela manhã, vai ocorrer o painel sobre a Lei 12.690/2012 a ser conduzido por Milena Tawanny e Shirley Rodrigues, que apresentarão o case da Cooperativa de Trabalho e Ensino – COOPERQUERUBIM. Durante a tarde, a palestra "Contribuição Previdenciária do Cooperado" será ministrada por Marcos Antonio Caetano com abordagem sobre o Ato Declaratório Interpretativo – ADI nº 05/2015, da Receita Federal do Brasil, trazendo como principais aspectos os reflexos tributários do ADI RFB nº 05/2017 e recolhimento da contribuição previdenciária. Para encerrar o encontro, o palestrante Eduardo Pastore explanará sobre o contexto das Relações de Trabalho, no âmbito da nova Lei de Terceirização e seus efeitos nas Cooperativas.

As inscrições para o encontro estão abertas e poderão ser realizadas neste portal, até o dia 16 de junho. Clique aqui e inscreva-se!