Ir para o conteúdo
ou

Este perfil não tem posição geográfica registrada.
Tela cheia Sugerir um artigo
 Feed RSS

Blog

18 de Setembro de 2014, 8:46 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Acompanhe aqui, o dia a dia da Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia - Cooperfarms, com sede em Luís Eduardo Magalhães, oeste do Estado. À todos, uma ótima leitura!

Formacont tem participação de colaboradores da Cooperfarms

22 de Janeiro de 2018, 19:58, por Cátia Andreia Dörr - 0sem comentários ainda

Img 7759

Aprimorar o conhecimento dos contadores das cooperativas baianas, funcionários ou terceirizados, regulares com o Conselho Regional de Contabilidade, na elaboração de prestação de contas e demonstrações contábeis de acordo com as exigências da lei do cooperativismo e das Normas Técnicas do Conselho Federal de Contabilidade aplicadas às Sociedades Cooperativas.

Esse é o objetivo central da Formacont (Formação de Contadores Cooperativistas), uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado da Bahia – SESCOOP/BA, em parceria com o Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado da Bahia – OCEB, para o ano, na área de contabilidade, da qual o gerente administrativo da Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms), André Oliveira e a analista contábil, Franciele Magni, participam. Dividido em cinco módulos, os encontros discutirão temas específicos da contabilidade. O primeiro encontro aconteceu na semana passada, nos dias 18 e 19 de janeiro, em Salvador, e tratou da “Elaboração de Prestação de Contas e Demonstrações Contábeis (Parte I)”.

Para Oliveira, o evento foi extremamente positivo, devido ao período legal, o qual as cooperativas se encontram para a organização das assembleias. “O primeiro tema abordado foi justamente a apresentação das demonstrações contábeis, que recentemente, passou por algumas alterações, e neste sentido foi muito positivo, pois esclareceu nossas dúvidas sobre esse procedimento e nos orientou sobre a melhor forma de expor os números”, disse Oliveira, que parabenizou os promotores do curso e destacou a importância da iniciativa. “Sem dúvida, a Formacont será fonte de conhecimento para os contadores, além de ser um instrumento que facilitará a uniformidade das apresentações contábeis das cooperativas”, concluiu.

O segundo módulo está agendado para março, com o tema “Legislação Aplicada às Cooperativas”.



Boas Festas!

21 de Dezembro de 2017, 11:41, por Cátia Andreia Dörr - 0sem comentários ainda

Boas festas 01



Grupo de mulheres ligado a Cooperfarms participou de Congresso Nacional das Mulheres do Agro

24 de Outubro de 2017, 16:52, por Cátia Andreia Dörr - 1Um comentário

Img 7254

Mais de mil mulheres estiveram reunidas entre os dias 17 e 18 de outubro, no Transamérica Expocenter em São Paulo para falar de gestão, liderança e outros temas relacionados ao agronegócio. A 2ª Edição do Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio teve inscrições esgotadas este ano, e pelo segundo ano consecutivo contou com a presença de mulheres do oeste da Bahia, sendo a maioria com incentivo da Cooperativa de Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms).


O evento que valoriza a liderança e empreendedorismo feminino, reúne em um único espaço agricultoras, pecuaristas, profissionais da indústria, executivas de corporações do setor, sucessoras, produtoras integradas e cooperadas e toda a cadeia do agronegócio. Ao total, foram 15 workshops práticos e painéis de debates conduzidos por acadêmicos e renomados profissionais do agronegócio, com temas que vão desde liderança integrada e empreendedora, criatividade e cooperação, agricultura digital, tecnologia e genética, sucessão, crédito rural, até cases de sucesso.

Para a advogada, Luciana Kappes, foi uma experiência inspiradora. “Ouvir de tantas mulheres suas histórias de superação, cada qual com sua experiência de vida, nos inspira para fortalecer a atuação da mulher no Agro”, ressaltou Luciana, assessora jurídica na Cooperfarms e integrante do Núcleo de Mulheres do Agro - Oeste da Bahia. Esta foi a primeira vez que ela integrou o grupo de cooperadas, esposas e filhas de cooperados da Coopeerfarms presente no evento. Ao total, 14 mulheres ligadas aos negócios da Cooperativa representaram a região em São Paulo.

Núcleo Regional - Desde o primeiro contato do grupo com o movimento, em 2016, a ideia constituía-se na implantação de um núcleo regional de mulheres do agronegócio na região. A iniciativa ganhou força em março deste ano, quando a Cooperfarms promoveu em Luís Eduardo Magalhães, a primeira edição do Encontro de Mulheres Cooperfarms.

Apesar dessas vertentes, o Núcleo Mulheres do Agro - Oeste da Bahia é independente e homogêneo, com a participação de mulheres de diversas organizações do setor produtivo da região, tendo como objetivo a busca de conhecimento para a formação pessoal e profissional com o escopo de fortalecer a atuação do grupo na atividade, bem como uma agenda que contemple ações regionais integradas, que vão desde as áreas de educação, social até ambiental em comunidades do entorno das propriedades. “Acreditamos que o segredo para a superação das dificuldades enfrentadas pelas mulheres na atuação diária na atividade é agregar conhecimento e compartilhar experiências”, enfatizou Luciana.



Cooperfarms participa de intercâmbio de boas práticas de gestão

2 de Outubro de 2017, 21:45, por Cátia Andreia Dörr - 0sem comentários ainda

Intercambio chapeco cooperfarms
“Dois dias de muito aprendizado”. Essa foi a definição conjunta da supervisora financeira, Graziela kowalski e da analista contábil, Franciele Magni, colaboradoras na Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) sobre a participação no intercâmbio de boas práticas de gestão, na cidade de Chapecó, em Santa Catarina, entre os dias 26 e 27 de setembro.

Integrantes de uma comitiva baiana formada por representantes dos ramos agropecuário, transporte e de saúde, elas visitaram três cooperativas catarinenses reconhecidas pelo Prêmio Sescoop de Excelência de Gestão ou que utilizam o Programa de Desenvolvimento da Gestão das Cooperativas (PDGC), como ferramenta de gestão.

A visita começou pela Cooperativa Central Aurora Alimentos nas instalações da fábrica de abate de suínos, e seguiu para uma cooperativa singular do grupo, a Cooperativa Regional Alfa (Cooperalfa), com mais de 17 mil famílias associadas e quase 3 mil funcionários. Com atuação nos segmentos de fomento e comercialização da produção agropecuária de seus associados: milho, soja, trigo, feijão, suinocultura, avicultura e leite; produção de sementes, rações e suplementos; industrialização de trigo, soja e milho; rede de supermercados, lojas agropecuárias e postos de combustíveis, a Cooperalfa tem mais de 80% da base associativa formada por agricultores familiares. O encerramento foi na Cooperativa Unimed Chapecó, vencedora em 2015, do Prêmio de Excelência de Gestão na categoria Prata, consagrando-se naquela edição, uma das 17 melhores cooperativas do Brasil, segundo o Programa.

O intercâmbio, organizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado da Bahia - Sescoop/BA, fez parte da agenda de cooperativas baianas que aderiram ao PDGC, - uma iniciativa do Sescoop nacional executada com o apoio da Fundação Nacional de Qualidade (FQN), que visa promover mudanças significativas na gestão e na governança cooperativista, de forma simples, prática, orientada e de baixo custo, melhorando a atuação das cooperativas, em termos de planejamento, execução, controle e aprendizado.

Para a analista contábil, Franciele Magni, a ida à Chapecó foi um “gás” para a implementação de novas ações na Cooperativa. “Foi uma oportunidade única. Voltamos entusiasmadas com a troca de experiência, agora é filtrar o melhor de cada modelo visitado e adaptar ao nosso”, ressaltou Magni. Esse é o quarto ano que a Cooperfarms adere ao PGDC.



Cooperfarms marcou presença no Congresso Brasileiro do Algodão

5 de Setembro de 2017, 20:25, por Cátia Andreia Dörr - 0sem comentários ainda

Cba cooperfarms

Cooperados e diretores das áreas técnica e comercial da Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) foram até Maceió, capital alagoana, participar do 11° Congresso Brasileiro do Algodão (11° CBA). O objetivo, complementar a experiência na atividade com novas técnicas em manejo e tecnologia para aumentar a produtividade. O Congresso realizado entre os dias 29 de agosto a 1º de setembro, acontece a cada dois anos e é maior evento da cotonicultura nacional e um dos principais no mundo, envolvendo a cadeia produtiva da fibra.

Promovido pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), o CBA teve como tema "inovação e rentabilidade" e aconteceu em um momento de otimismo para o setor, tanto pelos números da safra 2016/17, cerca de 15% superiores ao ciclo anterior, quanto pelas tendências altistas para o mercado da pluma, com o consumo mundial superando a produção pelo terceiro ano consecutivo, e a gradual liberação dos estoques chineses, que devem sustentar os preços em torno de 70 centavos de dólar por libra-peso.

Para o presidente da Cooperfarms, Luiz Pradella, o congresso foi uma oportunidade para apresentar o trabalho da cooperativa e estreitar os laços com futuros parceiros e cooperados “Foi um ambiente muito bom para novas possibilidades e prospecções de negócios a cooperativa, além do aproveitamento integral do conteúdo apresentado nos fóruns e palestras”, avaliou.