Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Cooperativas baianas participam de intercâmbios sobre boas práticas de gestão

4 de Outubro de 2017, 14:52 , por Portal Bahia Cooperativo - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 22 vezes
Capa

Desde março de 2017, o SESCOOP/BA tem promovido eventos e capacitações para incentivar e preparar as cooperativas baianas para a participação no PDGC - Programa de Desenvolvimento da Gestão das Cooperativas. Já foram realizados workshops, visitas técnicas, oficinas de elaboração de planejamento estratégico e, agora, foi a vez dos Intercâmbios de Boas Práticas de Gestão.

Grupos formados por representantes de diversas cooperativas da Bahia, dos ramos agropecuário, crédito, educacional, saúde, trabalho e transporte foram a outros estados para conhecer cooperativas reconhecidas pelo Prêmio Sescoop Excelência de Gestão e que utilizam o PDGC como ferramenta de gestão.

O primeiro intercâmbio ocorreu nos dias 19 e 20 de setembro, com a presença de 33 representantes das cooperativas de crédito, que visitaram a VIACREDI - Cooperativa de Crédito Vale do Itajaí; a COOPER - Cooperativa de Consumo Vale do Itajaí e o SICOOB CENTRAL SC/RS - Cooperativa Central de Crédito de Santa Catarina. Já nos dias 20 e 21 de setembro um outro grupo, composto por 30 representantes dos ramos educacional e trabalho, seguiu para Brasília/DF para conhecer a COOPLEM - Cooperativa de Ensino de Língua Estrangeira Moderna; a COOPQUERUBIM - Cooperativa de Trabalho e Ensino e participar do programa Portas Abertas na sede do Sistema OCB. Já nos dias 26 e 27 de setembro os 20 representantes das cooperativas dos ramos agropecuário, saúde e transporte foram a Santa Catarina e visitaram a Cooperativa Central Aurora Alimentos – AURORA; a Cooperativa Agroindustrial Alfa – COOPERALFA e a Cooperativa de Trabalho Médico da Região Oeste Catarinense - UNIMED CHAPECÓ.

Em todos os intercâmbios os participantes conheceram sobre as histórias, os serviços e produtos oferecidos pelas cooperativas; quais são seus diferenciais competitivos; como atuam em relação à gestão, governança e sustentabilidade e qual o reflexo dos negócios na economia das regiões, ​no desenvolvimento das pessoas e na qualidade de vida e quais os benefícios trazidos pela implementação do PDGC. Os grupos também percorreram os ambientes das cooperativas e tiveram ricas trocas de experiências e conhecimentos.

Veja a opinião de alguns participantes sobre os intercâmbios:

PROVEITOSO - “Com certeza, toda a estrutura que vimos das outras cooperativas e a troca de informações sobre as boas práticas do PDGC apresentadas foram muito proveitosas para todos os ramos de cooperativas representados no intercâmbio”, disse o vice-presidente da COOMAP, Wellington de Freitas.

PRODUTIVO – “Foi um intercâmbio altamente produtivo”. A maturidade dos princípios cooperativistas entranhados nas culturas das cooperativas visitadas, a educação cooperativista para sucessão e a preocupação com a sustentabilidade chamaram a atenção da Dra. Rosângela Carvalho de Melo, cooperada da Unimed Itabuna. “A promoção do intercâmbio é uma iniciativa fantástica do SESCOOP/BA para abrir o horizonte das cooperativas baianas. Precisamos ver esses exemplos positivos para nos estimular mais e mais a enfrentar os desafios”, concluiu.

SIGNIFICATIVO – “Experiência dessa natureza é algo muito rico e significativo, pois apresenta várias possibilidades, dentre elas a interação com novas pessoas, o networking tão importante para a gestão e a troca de experiências tão saudável no meio cooperativista. Tivemos a oportunidade de visitar duas cooperativas distintas, porém se destacam como cases de sucesso na gestão e ficou claro que a determinação, compromisso, envolvimento e investimento nas pessoas é algo presente na gestão das duas cooperativas”, relatou e avaliou Alaerte Aronia, presidente do Conselho de Administração da COPERIL.

MOTIVAÇÃO – “A programação de palestras e visitas às cooperativas da capital federal e à unidade nacional do Sistema OCB, bem como a visita ao Museu de Valores e Palestra de Educação Financeira no Banco Central do Brasil, ampliaram os conhecimentos sobre gestão cooperativista e motivaram o grupo a desenvolver novos projetos”, opinou Marília Reis, presidente da Cooliba - Cooperativa de Trabalho dos Profissionais Liberais da Bahia.

BOAS PRÁTICAS - “As experiências visitadas demonstram e ensinam que as mudanças nas organizações são precedidas por mudanças nas pessoas. As boas práticas não são espontaneistas, elas precisam ser planejadas, executadas e avaliadas com indicadores mensuráveis e verificáveis. Se as cooperativas não traçarem suas rotas não saberão se estão no caminho certo. Quando não sabemos onde chegar, qualquer caminho serve. Mas nós não constituímos cooperativas para chegar a qualquer lugar, e sim para gerar dignidade e felicidades na vida das pessoas, onde elas estiverem. Isso requer planejamento e alinhamento de boas práticas e aperfeiçoamento da gestão fazendo bem o que precisa ser feito”, refletiu Maria Vandalva Lima, Presidente do Conselho do Sicoob Coopere.

Por Ascom SESCOOP/BA


Fonte: http://www.bahiacooperativo.coop.br/noticias/cooperativas-baianas-participam-intercambios-sobre-boas-praticas-gestao

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.